GAZETA
ALBANOS

Fique por dentro de todas as novidades que envolvem a plataforma Albanos!

02/10/2020

Princípios da harmonização. Como harmonizar cervejas e comidas

escolas cervejeiras

Harmonizar quer dizer equilibrar forças. Quando pensamos em combinar cervejas e comidas devemos nos guiar por esse princípio: equilíbrio. E como fazer isso?

É simples. Basta observar além dos sabores da comida e da bebida, suas consistências, a acidez, o amargor, a picância, o teor alcóolico, a carbonatação…

E a partir desses atributos, partir para a combinação entre eles.

Existem alguns princípios básicos para toda harmonização. São eles: semelhança, contraste e corte. Há outros princípios considerados na hora de combinar cerveja e comida, mas com os três pilares básicos dispostos acima fica fácil harmonizar.

Semelhança é quando casamos sabores, aromas, temperos presentes tanto na comida quanto na cerveja. Exemplo: chocolate com cervejas escuras, feitas com maltes torrados.

Contraste é quando cruzamos características opostas da comida com as da cerveja. Exemplo: Uma comida extremamente doce com uma cerveja extremamente amarga.

escolas cervejeiras

Corte é quando atravessamos com a cerveja elementos que se sobressaiam demais na comida, amenizando características que desequilibram o conjunto. Exemplo:  cervejas mais alcóolicas para amenizar a gordura do alimento.

Ao combinar cervejas e comidas, você pode se guiar apenas por um desses princípios, ou pode usar todos eles na mesma combinação. Não existe regra para isso. O que não pode deixar de acontecer é o equilíbrio entre comida e cerveja. Um não deve se sobrepor ao outro, ofuscandos suas características.

Agora que você já sabe o que é harmonizar cervejas e comidas, que tal testar sua sensibilidade para promover casamentos perfeitos entre uma e outra?

Veja Também:

Princípios da harmonização. Como harmonizar cervejas e comidas

Saiba mais

SESC e Cervejaria Albanos, 10 razões para assistir o projeto “Albanos Música para Todos”

Albanos Música para Todos
Saiba mais